Vozes do Tempo - parte VI

No início da colonização, os imigrantes plantavam o linho e teciam com la molinela, depois o tingiam com cascas de cedro, antes de confeccionar sacos e lençóis.

Ler mais

A fonte dos desejos

Os apreciadores fixam olhares enquanto observam detalhes e escutam o barulho das águas rolantes.

Ler mais

Um exemplo de vida

O sorriso da face não esmorece e o zelo pela vida ainda se faz presente

Ler mais

A infância e suas implicações

A presença, envolvimento e atitudes assertivas são de extrema importância na criação e educação destes indefesos e pequenos seres.

Ler mais

Vozes do Tempo - parte V

No luxuoso casarão de alvenaria localizado na Avenida Parobé, hoje esquina da Avenida 25 de Julho com Rua Júlio de Castilhos, ficava o Banco Pelotense, após falência em 1931, levou italianos ao desespero por perderem suas economias.

Ler mais

O galo de penas

Falar da construção do Galo de Penas, personagem e símbolo do município, é mesclar fantasia e realidade, no que tange ao representante da nossa terra em desfiles, eventos, marcas, mídia e onde estiver.

Ler mais

Tragédia anunciada

Onde e como trabalharão os idosos do amanhã após a tão bradada reforma da Previdência?

Ler mais

Algodão doce

Com dificuldade na aprendizagem, o menino recebia atenção especial da professora alfabetizadora pela qual ele se apaixonou, com sua alma angelical e plena de docilidade.

Ler mais

Fotografias de Família

A fotografia detém tempo, fatos, lembranças, memórias.

Ler mais

Vozes do Tempo - parte IV

Os fotógrafos Virgílio Tamagnone, João Alexandre Boff, João Carraro, Hugo Rech e Older Nery mantiveram em seus estúdios a arte em preto e branco, perpetuando momentos e belas paisagens, hoje, recordações.

Ler mais