Caderno de Sábado

30/09/2020 - 18:00

Um novo romance em 180 páginas

Ivo Gasparin com o seu romance ‘La Prima Semensa’.

Ivo Gasparin lança ‘La Prima Semensa’

Embasado em depoimentos e fatos reais – a ficção está por conta dos enredos amorosos que se desencadeiam no seu desenrolar –, o escritor florense Ivo Gasparin lança seu terceiro livro: ‘La Prima Semensa’ (A Primeira Semente). Após dois anos escrevendo, a chegada dos exemplares fizeram Gasparin se orgulhar do romance. 
‘La Prima Semensa’ se passa entre os anos de 1876 a 1881, quando havia sido franqueada a imigração de italianos para o Canadá, Argentina e Brasil. E, conforme Gasparin, a história tem tudo a ver com Flores da Cunha. “É a caminhada de um grupo de emigrantes italianos desde a partida da sua pequena comunidade, perfazendo 144 km de carroça puxada por quatro mulas, até Vicenza, para pegarem o trem que os conduziria a Gênova. Depois de Gênova, Rio de Janeiro, Porto de Rio Grande, Porto Alegre, São Sebastião do Caí, Feliz, Nova Milano, Colônia Caxias, Travessão Lagoa Bela e Travessão Rondelli”, conta.
De acordo com o escritor, a diferença deste título é a preservação da sua originalidade. “O diferencial é que todos os diálogos são feitos em “talian” com a tradução ao lado, uma vez que era a língua com a qual se comunicavam. Eu não conseguia fazer os meus personagens falarem em português, pois me parecia que não eram eles que estavam falando, tinha a impressão que eu estava falando por eles”, diz.
Falando em personagens, Ivo relata que os do livro são apaixonantes e baseados em pessoas conhecidas. “Se você for ler o romance, vai reconhecer pessoas que vivem entre nós como um Fioravante, um Vivaldo, uma Valentina, um Rodolfo, uma Rosalina...”. 
Ivo relata que o principal objetivo que o levou a escrever ‘La Prima Semensa’ foi o de trazer à tona pormenores de como se deu a imigração italiana, e fatos que nem ele conhecia. “Depois de ler vários depoimentos de imigrantes sobre a verdadeira epopeia da imigração, achei que deveríamos saber um pouco mais da nossa história. Porém, se isto fosse feito em forma de relatório, seria bem menos atraente do que fazer história através de um romance”, assegura. E Ivo apenas espera uma coisa do livro: “que ele agrade, porque já disse Mário Quintana que ‘há livros que os leitores esgotam, e há outros que esgotam os leitores’. Tomara que La Prima Semensa não esgote ninguém”.
E Gasparin garante: que se aparecer algum nome idêntico a pessoas que você conhece, é pura coincidência. “Quase todos os sobrenomes foram escolhidos com aqueles que se identificassem com as primeiras famílias que chegaram nos Travessões Lagoa Bela e Rondelli”, diz.
Para quem deseja adquirir o livro, ele estará a venda na Livraria Almanaque Cultural, no Museu e Arquivo histórico Pedro Rossi, na Ervanária Vida e Saúde, ou através do Ivo Gasparin pelo fone (54) 3292 2450 ou 9.9121.5344 ou, ainda, de forma virtual na Amazon.

Por Gabriela Fiorio - Gabriela@jornaloflorense.com.br

Compartilhe esta notícia:
Ivo Gasparin com o seu romance ‘La Prima Semensa’.  - Gabriela Fiorio

Outras Notícias:

Nenhum Comentário

Deixe o Seu Comentário

Copyrights © 2021 Todos os direitos reservados por Jornal O Florense.