Caderno de Sábado

14/11/2020 - 17:30

O legado italiano nos cinemas

De Nova Pádua, a história de José Tonello é retratada no filme.

Documentário que teve cenas gravadas em Flores da Cunha e Nova Pádua retrata as heranças da imigração italiana

Um século e meio resumido em 84 minutos. Revisitar os 145 anos da imigração italiana no Sul do Brasil é a premissa do documentário “Legado Italiano”, com lançamento online previsto para a próxima quinta-feira, dia 19. Boa parte dessa história, claro, tem lugar em Flores da Cunha, um dos cenários retratados no filme.
No longa-metragem, heranças como a religiosidade, a música, a gastronomia, a agricultura, a indústria, o talian e o vinho são abordados a partir de relatos dos descendentes de imigrantes da região. “A imigração é, ainda hoje, uma realidade em várias partes do mundo. Em muitos lugares ela acontece neste exato momento”, salienta a diretora da película, Marcia Monteiro.
O documentário é produzido pela Camisa Listrada – responsável por sucessos como “O Candidato Honesto” e “Os Farofeiros”– em parceira com a Globo Filmes, a Globo News e a Celeiro Produções. As filmagens ocorreram no Norte da Itália e em onze cidade gaúchas, cada uma delas representando um dos temas desenvolvidos no filme.
Flores da Cunha apresenta a música, por ser a terra natal de Angelo Giusti, compositor da letra de “La Mérica”, que foi escolhida como o hino oficial da colonização italiana no Estado do Rio Grande do Sul em 2005. O filme apresenta o roteiro turístico “Compassos da Mérica, Mérica”, onde cada propriedade exibe um totem com um refrão da música.
“Lembro que uma das coisas que me chamou atenção ao conhecer um pouco da cultura italiana foi perceber que a música tinha uma grande força como legado, como uma manutenção dessa tradição do canto trazida pelos ancestrais”, recorda Marcia. 
Mas em um filme sobre o legado da imigração, o Pequeno Paraíso Italiano não podia ficar de fora. Nova Pádua também é retratada pelo cooperativismo, com destaque para uma família paduense que já está na quarta geração de cooperativados.
Ao todo, são mais de 90 entrevistas. No Rio Grande do Sul, cidades como Bento Gonçalves, Carlos Barbosa, Caxias do Sul, Farroupilha, Garibaldi, Monte Belo do Sul, Pinto Bandeira, São Sebastião do Caí e Vila Flores também servem de cenário para a película.
A boa notícia é que “Legado Italiano” já está nas telonas. O filme é exibido no GNC, em Caxias do Sul, e no Movie Arte L’America, em Bento Gonçalves, onde seguirá na programação até o dia 18 de novembro. No dia seguinte, o documentário será lançado em formato digital no site www.legadoitaliano.com.br, com valor de R$ 14,90. O trailer pode ser conferido no endereço youtube.com/lancafilmes.

Por Pedro Henrique dos Santos - Pedrohenrique@jornaloflroense.com.br

Compartilhe esta notícia:
De Nova Pádua, a história de José Tonello é retratada no filme.  - Divulgação

Outras Notícias:

Nenhum Comentário

Deixe o Seu Comentário

Copyrights © 2021 Todos os direitos reservados por Jornal O Florense.