Memória Fotográfica

Memória Fotográfica

Nesta coluna, O Florense oportuniza aos leitores a possibilidade de recordar momentos vividos entre amigos e família através de fotografias antigas. As imagens são enviadas ao jornal pelos próprios leitores.
Em junho de 1996, o então deputado federal Germano Rigotto esteve em Flores da Cunha e Nova Pádua mantendo contatos partidários. Na data, o deputado também esteve visitando a sede do Jornal O Florense. m 1996, Alberto de Oliveira (PMDB) e Heleno Oliboni (in memoriam) (PDT) concorreram ao pleito municipal. Na foto, os dois candidatos durante reunião com o então juiz Dr. Ségio Augustin referente à propaganda eleitoral. No pleito, Oliboni venceu com 7.789 votos contra 4.690 para Oliveira. Ao centro, está Ivo João Sonda (in memoriam) (PPB), que concorria ao pleito de Nova Pádua. Ele se elegeu prefeito com 1.029 votos. Na foto, os candidatos a prefeito de Flores da Cunha, Renato Cavagnoli, Oscar Francescatto e Heleno Oliboni (in momeriam), durante debate no ano de 1992. Com 4.707 votos, Renato Cavagnoli conquistou as eleições com o vice Dagoberto Lanzarin. Heleno Oliboni fez 4.146 votos e Oscar Francescatto 2.326. Em ano de pandemia, o desfile cívico de 7 de setembro vai ser relembrado apenas na memória. Na foto, o desfile de 7 de setembro de 2002, quando ainda era realizado na Avenida 25 de Julho. A foto é de 1999, das comemorações do Colono e Motorista da época. A Associação dos Motoristas e o Sindicato Rural promoviam, em conjunto, a Festa de Integração Colono e Motorista, com celebração na Igreja Matriz e benção dos veículos e tratores agrícolas. Com registros de neve nos últimos dias na Serra Gaúcha e na Região das Hortênsias, vamos recordar da última neve em Flores da Cunha. Ela foi registrada na noite do dia 26 de agosto de 2013, proporcionando paisagens lindas. Em 2001, após obras mal sucedidas, a Praça Dom Luiz Scortegagna, em Alfredo Chaves, foi reformada. Entre as melhorias estavam a pavimentação asfáltica do centro do local, a colocação de novos bancos e canteiros e a instalação de calçadas ao seu entorno. A foto é de 1997, e mostra o Eremitério destinado a frei Salvador Pinzetta. O local era de constante frequência do frei, O qual era muito devoto à Virgem Maria. Nas comemorações de 100 anos dos Freis Capuchinhos no Rio Grande do Sul, o Jornal O Florense de 18 de outubro de 1996 fez um encarte especial com matérias sobre a importância religiosa e cultural da presença dos Capuchinhos. Na foto, os Capuchinhos que estavam no município de Flores da Cunha na época. Frei Severino Primieri, Frei Aloísio Persici, Frei Dirceu Cogo, Frei Urbano Polli e Frei Antoninho Pasqualon. A Câmara Federal localizou a foto do Patrono do Travessão Marcolino Moura. Há quase 130 anos, Dr. Marcolino foi homenageado com a denominação de dois Travessões, um na Colônia Caxias e outro, na Colônia Dona Isabel. Em Otávio Rocha, com o surgimento da vila, Marcolino, virou ‘Marcolina’, por mais de 30 anos. No dizer, “vamos à vila do Marcolino”, virou “vamos à Marcolina”.
Dr. Marcolino de Moura e Albuquerque nasceu em Piatã, na Bahia, em 21 de novembro de 1838. Filho de Manuel Justiniano de Moura e Albuquerque e de Auta Rosa de Moura e Meira. Diplomou-se em 1867 pela Faculdade de Direito de Recife. Integrou forças brasileiras na Guerra do Paraguai. Foi deputado estadual na Bahia entre 1868 e 1881. E  foi também inspetor geral da Inspetoria de Terras e Colonização, quando foi homenageado com o nome do principal Travessão do atual distrito de  Otávio Rocha. Em 19 de dezembro de 1987 foi realizado no Esporte Clube Paduense, em Nova Pádua, o baile de escolha e coroação da Rainha da V Feira de Produtos Coloniais – Feprocol. Foram coroadas a rainha Raquel Paviani, representante do Clube Paduense, e as princesas Nair Panizzon, representando a Banda Santa Cecília e o Esporte Clube Planalto, Rosemeri Reginato, representando o CTG Laço Italiano e Silvia Borella, representante do Esporte Clube Ferroviário. Na foto, as soberanas da Feprocol, estão com o então prefeito Angelo Araldi (in memoriam). O ano é 1999, quando este grupo de amigos reunia-se para jogar futebol de salão e, na sequência, comer bifes na chapa com muita cerveja ou vinho preparados pela Sacarolla. De pé: Rudimar Sonda (in memorian), Volmar Salvador, Delvino Bunai, Paulo Tonet e Ademir Pauletti. Agachados: Agenor Neri, Alcides Martelo, José Venturini, Nelson Sonda, Valmir Mioranza e Valmar Vezzaro. A badalação tomou conta de Flores da Cunha no dia 26 de junho de 1996, quando foi inaugurada a tão esperada Uiskeria – Espaço Alternativo. De propriedade de Sidnei Mioranza, a Uiskeria era localizada junto ao antigo prédio da Indústria de Bebidas Fantes, hoje a atual Cheers. Inauguração da ponte Passo do Zeferino, sobre o Rio das Antas, entre Flores da Cunha e Antônio Prado, na década de 60. O inverno inicia oficialmente neste domingo, dia 21 de junho, mas as temperaturas baixas já são sentidas. Em junho de 1942, os florenses viram a paisagem ficar toda branca. Naquele ano, uma nevasca atingiu a região cobrindo a cidade de neve por dois dias.
Copyrights © 2021 Todos os direitos reservados por Jornal O Florense.