Memória Fotográfica

Memória Fotográfica

Nesta coluna, O Florense oportuniza aos leitores a possibilidade de recordar momentos vividos entre amigos e família através de fotografias antigas. As imagens são enviadas ao jornal pelos próprios leitores.
O conjunto formado pela Igreja São Marcos, de 1905, e, ao lado, a torre ‘Il Campanil della Marcolina’ construída nos anos de 1919 e inaugurada em 1921, considerada, à época, a mais alta da região colonial italiana. As duas obras tiveram como construtor Luiz Segalla de Caxias do Sul. A Torre, no sábado, dia 22 de maio, completa seu centenário. O florense Ernesto Piccoli ganhou, no dia 16 de maio de 1999, um queijo de 120kg. O prêmio foi sorteado em uma rifa durante a Festa do Divino Espírito Santo, que ocorreu no distrito caxiense de Criúva. O queijo foi confeccionado pelos próprios moradores da localidade com 1.350 litros de leite. Piccoli vendeu a peça para um estabelecimento caxiense por R$500. Na foto, ele e os amigos que o acompanharam na festa, João Cescon, João Biondo, Ivo Mascarello e esposas. No dia 19 de dezembro de 1997, o centro de Flores da Cunha ganhou sete lixeiras especiais para separação do lixo orgânico e seletivo. A instalação fazia parte do Projeto Xoli, desenvolvido pela prefeitura por meio do Departamento Municipal de Meio Ambiente. O projeto inicial contava com as ações de Coleta Seletiva do lixo, instalação da Central de Triagem e Compostagem de Resíduos Domiciliares e Aterro Sanitário para rejeitos. No dia 4 de março de 1995, ocorreu a 1ª etapa do Circuito Serrano de Jeep Raid em Flores da Cunha. No total, 57 jeeps participaram da competição que aconteceu em meio aos parreirais e incluiu a travessia do Rio das Antas através da balsa. Nesse dia, os jipeiros viveram momentos de muita emoção e aventura.
As obras de reformulação da Avenida 25 de Julho foram retomadas no dia 9 de novembro de 2001. Nessa reformulação, o trecho recebeu asfalto, canteiros centrais e alargamento das calçadas nas esquinas. No dia 11 de novembro de 1995, a prefeitura municipal, através do DMD, inaugurou mais uma área de lazer com cancha de vôlei e futebol de areia. A inauguração foi comemorada com a realização de um torneio de futebol de areia onde participaram quatro times da cidade. A inauguração contou com a presença de diversas autoridades municipais. No dia 1º de dezembro de 1996 ocorreu a 8ª etapa da Copa de Arrancadas no prolongamento da Av. 25 de Julho. O evento reuniu aproximadamente 7 mil pessoas e contou com 100 pilotos. O percurso feito pelos pilotos era de 700 metros e os veículos chegavam a ganhar velocidade de 240 quilômetros por hora. Em abril de 1995, a prefeitura de Flores da Cunha adquiriu uma nova ambulância. O novo veículo era um utilitário do tipo Besta, ano e modelo 95, possuía 60 HP de potência, movida a diesel. Estava equipada com maca, três poltronas para acompanhante, sirene eletrônica, sinalizador de emergência e ar quente, além de todo equipamento para soro e oxigênio. No dia 4 de março de 2000, na Rua Borges de Medeiros, aconteceu o IV Carnaval do Galo. O carnaval de rua contou com a entrega da chave da cidade à rainha do Carnagalô e, após, a comunidade pode aproveitar o show da Banda Viva Vida. Em fevereiro de 1998, o Museu e Arquivo Histórico Municipal fez uma amostra chamada “A mulher na vindima e suas dedicações”, onde expôs o vestido utilizado pela princesa da I Fenavindima, em 1967, Sílvia Mattioni. A exposição também contou com os trajes de Neiva Gelain Molon, Miriam Pedron, Clara Panizzon, Maria Fernanda Borguetti e Kátia Gonzales.
No dia 7 de março de 1999 foi realizada uma corrida de Kart entre as ruas Sixto Rossetto, Av. Pellizer, Francisco Boscatto e Virgínia Bertuol Ulian, próximo ao Parque da Vindima Eloy Kunz. O evento fazia parte da 9ª Festa Nacional da Vindima, e reuniu 25 pilotos das cidades de Caxias do Sul, Flores da Cunha e Vacaria. No dia 26 de junho de 1996, aconteceu a inauguração da Uiskeria. Cerca de 700 pessoas participaram da primeira das muitas noites de festas. A inauguração contou com a apresentação de uma pequena peça teatral cômica, com a presença de três dançarinos (com perna-de-pau), além da animação com a banda Café Brasil. A praça do Imigrante foi entregue oficialmente à comunidade no dia 12 de outubro de 1996. A solenidade contou com a animação da Banda Florentina e a bênção do frei Antoninho Pasqualon.
 No dia 17 de maio de 2002, foi iniciada a demolição da quadra de esportes da Igreja Matriz da Paróquia Nossa Senhora de Lourdes, conhecida como cancha dos padres. Em seu lugar, foi instalado o atual estacionamento público. A cancha dos padres foi por muitos anos o ponto de encontro da juventude de Flores da Cunha. Inúmeros campeonatos ou peladas de futebol aconteceram por lá.
No dia 3 de agosto de 1997, Frei Aloíso Pérsici comemorou seus 85 anos de vida e 60 de sacerdócio com missa festiva na Igreja Matriz e almoço no salão paroquial. A celebração da missa foi feita ao lado dos bispos D. Paulo Moretto e D. Osório Beber, além de mais 30 sacerdotes.
Copyrights © 2021 Todos os direitos reservados por Jornal O Florense.