35% dos florenses não fizeram o cadastramento biométrico

10 de Junho de 2017 às 23:03

Cartório Eleitoral de Flores da Cunha abre de segundas a sextas-feiras, das 11h às 18h, sem fechar ao meio-dia

Dos 24.583 eleitores florenses cadastrados no Cartório da 68ª Zona Eleitoral, 35% deles, ou seja, 8.560 ainda não realizaram o cadastramento biométrico. O público deve se habilitar ao sistema visando as eleições gerais de 2018. No município, a inclusão no sistema digital é obrigatória para o próximo ano. O processo vai até 11 de outubro, porém, o chefe da unidade, Gelson Molardi, alerta que a procura é considerada baixa. “É bom as pessoas se anteciparem para evitar filas no futuro”, aponta. Também é possível agendar o atendimento.

Os eleitores que ainda não aderiram à nova metodologia devem procurar o Cartório para a inclusão das impressões digitais no sistema do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RS). Quem não fizer o cadastramento dentro do prazo terá o Título de Eleitor cancelado e sofrerá restrições com o CPF. O público deve procurar o Cartório com um documento de identidade com foto (carteiras de Identidade, Habilitação ou de Trabalho), Título Eleitoral, CPF e comprovante de residência. No momento do atendimento os dados cadastrais serão atualizados (assinatura) bem como recolhidas as digitais, além de tirada uma foto.

O horário de atendimento do Cartório é das 11h às 18h, sem fechar ao meio-dia – ele fica na Rua Borges de Medeiros, 2.099, sala 11, em frente ao Fórum. O agendamento pode ser feito no site www.tre-rs.jus.br ou pelo telefone 3292.2797. A regularização é obrigatória para os eleitores, inclusive para as pessoas com mais de 70 anos, mesmo que não votem. Em Nova Pádua, o processo foi realizado em 2013 para o pleito geral de 2014.

Tweetar

Imagens:

0 comentários



Ainda não há comentários. Seja o primeiro!

Deixe seu comentário