Geral

28/07/2021 - 17:00

José Tomazzoni será reconhecido como Agricultor Destaque

José Tomazzoni.

Produtor de 80 anos é o proprietário da Uvas Tomazzoni, em Flores da Cunha

“Aquilo que eu tenho, se eu puder, ajudo ou divido com os outros, sempre fui uma pessoa que gosta de ajudar, porque dando é que se recebe”. Com essa solidariedade, José Tomazzoni, 80 anos, aprendeu o ofício da agricultura e passou seu conhecimento para a nova geração da família. Na próxima quinta-feira, dia 29 de julho, ele será o homenageado da Câmara de Vereadores como Agricultor Destaque 2021, em Sessão Solene com início às 19h. Seu nome foi escolhido por uma Comissão Especial ainda em abril.
Filho de Joana Giasson e Armando Tomazzoni, seu José Tomazzoni nasceu no dia 11 de julho, em uma família de sete irmãos: Léo Antonio, Sérgio,  Ivone,  Marivete,  Albertinho e Salete. Foi na Linha 60, em Flores da Cunha, onde nasceu, que seu João se descobriu agricultor, trabalho que iniciou ainda criança. “Até os 23 anos eu trabalhei junto com meus pais. Um ano depois, meus pais foram pra Caxias e eu fiquei nessa propriedade com meu irmão Leo”, lembra Tomazzoni. Em janeiro de 1963, José casou-se com Inês Schio (falecida em dezembro de 2020) e tiveram três filhos, Norberto, Carlos e Luciane. “Não tem como agradecer aquela mulher. Ela segurava três pilares da casa, eu segurava um”, conta. Até o ano de 1988, a produção de Tomazzoni seguiu em parceria com seu irmão. Aos poucos, os filhos passaram a trabalhar com ele também. Em 2010, depois de um tempo morando em Caxias do Sul, Luciane, o marido Jair Caberlon e os filhos Lucas e Letícia passaram a trabalhar na propriedade. 
Com 18 hectares de plantação, a Uvas Tomazzoni é uma empresa de agricultura familiar, localizada na Linha 60 e que produz e comercializa hortaliças e frutas. Anualmente, a Tomazzoni chega a produzir 150 mil quilos de uva, 320 mil quilos de tomate e 30 mil quilos de pimentão, além de 1 milhão de litros de vinho. Há 35 anos tem como um de seus principais clientes a rede Walmart, para os quais comercializa a maior parte da sua produção.
Mesmo tendo estudado apenas até a 4ª série, Tomazzoni tem espírito empreendedor e inovador. Ele foi responsável por trazer a uva Brasil para a região. Em 1980, quando conheceu a casta, Tomazzoni lembra que foi a São Paulo para conseguir os galhos para enxertia. “Como lá eles fazem duas safras, eu tinha ido em julho para lá e aqui a enxertia era só em agosto, peguei uns galhos, enrolei em umas toalhas de banho, cortei só as folhas e guardei em um porão, dentro de uma lata com areia e um pouquinho de água. Segurei mais de 60 dias e depois enxertei e pegou quase tudo”, recorda o agricultor, que depois distribuiu a variedade em um viveiro da cidade.
O dia a dia na agricultura é combustível que dá vitalidade ao seu José. “Cheguei nessa propriedade com um ano de idade e para sair daqui acho que é muito difícil, porque eu sempre gostei da terra. Agora passei a maior parte para meus filhos, mas com uma condição: até que eu consiga trabalhar, eu quero trabalhar”, frisa.  
O Certificado Agricultor Destaque foi criado em 2007 com o objetivo de premiar a qualidade da produção rural do município, servindo como certificação e divulgação dos padrões de excelência buscados no setor primário, com harmonia entre produtividade e preservação ambiental.
A Comissão Especial é formada pela representante da Secretaria de Agricultura, Stella Mari Pradella, pelo presidente do Sindicato Rural, Olir Schiavenin, representante do Conselho Municipal de Agricultura, Daniel Ulian, pelo Conselho Municipal de Meio Ambiente, Fabiane Veadrigo, e pela Emater, Raul Dalfolo.

Por Gabriela Fiorio - gabriela@jornaloflorense.com.br

Compartilhe esta notícia:
José Tomazzoni. - Lander Piccoli/Câmara de Vereadores/Divulgação

Outras Notícias:

Nenhum Comentário

Deixe o Seu Comentário

Copyrights © 2021 Todos os direitos reservados por Jornal O Florense.