Geral

20/09/2021 - 10:00

Bairro: O amor pelo União

Noelma Inglês Facchin tem muito orgulho de morar no bairro União.
Em 2012, a igreja do bairro foi inaugurada.

A moradora Noelma Inglês Facchin pôde ver da janela de sua casa o crescimento do bairro

O bairro União ficou conhecido como o primeiro loteamento de Flores da Cunha e ganhou diversas melhorias nos últimos anos. Na sua história, o União teve origem na antiga Vila Brito, nome que surgiu devido a um dos primeiros moradores, o professor José Vieira de Brito. Em 1984, depois de adquirir uma área de 24 hectares, o então prefeito Ângelo Araldi deu início à construção do primeiro loteamento popular feito pelo município, com 180 lotes. Em 10 de julho de 1998 foi transformado em bairro. Em 2015, o local também recebeu 80 apartamentos por meio do programa Minha Casa, Minha Vida, e outros 144 estão sendo construídos. 
Em 2012, os moradores inauguraram a Igreja Católica dedicada à Nossa Senhora Consoladora. A construção do templo era uma antiga reivindicação da comunidade e foi edificada na parte superior do salão comunitário. 
O bairro também conta com uma ótima infraestrutura: O Cemel e o Ginásio Poliesportivo Marcos João Pivoto; a escola municipal Tancredo de Almeida Neves; a Unidade Básica de Saúde Claudino Caetano Muraro, o NIAE, a Farmácia Solidare, além da Assistência Social. A sede da Brigada Militar e do Corpo de Bombeiros também estão instaladas no bairro. Agora, um Núcleo de Extensão Escolar está sendo construído, fazendo com que o bairro se destaque ainda mais. 
Toda essa trajetória e evolução foram presenciadas pela moradora da localidade Noelma Inglês Facchin, 64 anos que reside no local desde 1989. De Curitiba (PR), ela visitou Flores da Cunha, onde seu irmão morava, e se apaixonou, tanto pela cidade como por seu marido, casados há 30 anos. “A primeira vez que vim para Flores da Cunha foi em um feriado de 7 de setembro, há exatos 32 anos”, conta. 
Entre idas e vindas de Curitiba a Flores da Cunha, Noelma aqui se estabeleceu. “Era tudo mato e morro. Todo o loteamento era marcado com as estacas que demarcavam os lotes. Não tinha nada. Mas já chegando em Flores da Cunha eu amei”, conta a moradora que também faz parte da diretoria da comunidade e atua, juntamente com o marido, como tesoureira, além de ter sido catequista por muitos anos.
Noelma, que ama morar no bairro – bem em frente à escola Tancredo de Almeida Neves – destaca que o lugar foi onde tudo aconteceu em sua vida, e hoje é completamente realizada. “Aqui tudo brilha”. 
Ela relata que, antigamente, havia muito preconceito com os moradores do bairro por causa da alta venda de drogas. “Éramos julgados. Quando falávamos que morávamos no União, as pessoas nos olhavam com outros olhos”, recorda. Hoje o bairro cresceu. “Conseguimos o asfalto, as melhorias, aqui todo mundo é muito lutador, trabalhador. Hoje não falta nada aqui”, relata. 
Noelma, que tem muito orgulho de morar no bairro, conta que sua felicidade é sentar na sacada com seus gatos e ficar olhando os alunos entrando e saindo da escola. “Um futuro brilhante pela frente”, finaliza. 

Por

Compartilhe esta notícia:
Noelma Inglês Facchin tem muito orgulho de morar no bairro União. - Gabriela Fiorio Em 2012, a igreja do bairro foi inaugurada.  - Gabriela Fiorio

Outras Notícias:

Nenhum Comentário

Deixe o Seu Comentário

Copyrights © 2021 Todos os direitos reservados por Jornal O Florense.