Esporte

24/09/2020 - 17:00

Plataforma online para torneios de jogos eletrônicos

Os sócios da Rookie, da esquerda para a direita, Adriano, João, Leonardo e Valmor.

Quatro amigos florenses empreenderam e criaram a startup Rookie

Em tempos de distanciamento social, ficar em casa virou sinônimo de proteção, mas permanecer isolado durante tanto tempo também não tem sido fácil. É preciso ter muita imaginação e criatividade para se manter ativo. Para milhões de pessoas de todo o mundo, esse período de quarentena é amenizado graças ao universo dos jogos eletrônicos.
Os games estão ocupando uma posição de destaque na rotina de quem evita sair de casa por conta da pandemia da Covid-19, incluindo gamers profissionais e usuários que estão descobrindo agora os encantos dos jogos digitais. Os amigos Valmor da Luz, 35 anos, João Henrique Andrin Bianchi, 20, Leonardo Biasuz, 16, e Adriano Margarin, 32, viram neste segmento uma oportunidade para empreender e investir no mercado. A empresa Rookie foi criada com o objetivo de organizar torneios online de jogos eletrônicos para que os jogadores possam competir de forma mais séria e destacar os melhores da plataforma para que possam se profissionalizar. 
Antes mesmo de criarem a Rookie, a amizade entre os sócios-proprietários Valmor e João Henrique iniciou ainda na faculdade. “Durante os trabalhos acadêmicos e nas conversas tínhamos vários assuntos em comum e um deles era a vontade de empreender. Como já havíamos lido algumas matérias sobre startup, na metade de 2019 decidimos criar a nossa”, contam. 
Juntos, buscaram auxílio de diversas pessoas que tinham o conhecimento sobre o assunto, sendo uma delas o professor da UCS e mentor de marketing Gilmar Gianni, fundamental para o projeto, além de colaborar no ganho de insights. “Ele nos indicou a participar de um evento chamado Startup Weekend, sendo que em nossa segunda participação (SW Farroupilha) fomos campeões com o projeto de torneios para jogos eletrônicos. Foi então que decidimos criar a Rookie”, recorda Bianchi, que durante a participação do evento tiveram a oportunidade de firmar uma parceria com a ExpoBento. “Estamos organizando a primeira Edição do E-sports Bento. Inicialmente de forma presencial, com montagem de arena, mas, devido à pandemia, a Feira foi adiada para 2021, fazendo com que o evento migrasse para o formato online .que acontecerá nos dias 3 e 4 de outubro na modalidade League of Legends (LOL) e nos dias 9, 10 e 11 de outubro na modalidade FIFA 20, para PS4”, destacou João.
Para fechar o quarteto de empreendedores, o estudante de Informática Leonardo Biasuz acrescentou muito à Rookie pela sua persistência e vontade de entregar resultados. “Dentre os nossos muitos desafios, também precisávamos de um desenvolvedor de web e, após alguns contatos, conversamos com o Adriano Margarin, que foi sócio-fundador da fábrica de software Garage Geek e desenvolvedor python, atuando principalmente em desenvolvimento web e mobile”, destaca. Depois de apresentados o projeto e a estrutura da Rookie, ele tornou-se sócio da empresa trazendo sua expertise. Além de todos os conhecimentos, a Rookie também participa do projeto StartUcs, que oferece gratuitamente diversas mentorias para empresas no início de sua trajetória.

Por

Compartilhe esta notícia:
Os sócios da Rookie, da esquerda para a direita, Adriano, João, Leonardo e Valmor. - Divulgação

Outras Notícias:

Nenhum Comentário

Deixe o Seu Comentário

Copyrights © 2021 Todos os direitos reservados por Jornal O Florense.