Esporte

17/06/2021 - 17:00

Homenagem ao maior campeão da Copa Libertadores do Nordeste Gaúcho

Direção do clube recebeu Moção de Congratulações da Câmara de Vereadores paduense.

O Ferroviário já disputou 99 jogos, com 62 vitórias, 18 empates e 19 derrotas

O Esporte Clube Ferroviário foi agraciado com a Moção de Congratulação pela conquista do pentacampeonato da Copa Libertadores do Nordeste Gaúcho. A homenagem foi prestada pelo Poder Legislativo paduense. Estiveram presentes para receber a honraria, o presidente Darci Lusa, os membros da comissão técnica, Éder Vanzin, Horácio Alessi, Jair Borella, Isanor Pan, Dorvalino Alessi, Remi Menegat, Antônio Viapiana e o representante da comunidade do Travessão Curuzu, Nestor Marin. Também compõem a direção do clube, Isair Bernardi, Rafael Machado, Néris Marin e Gilmar Marin.
Depois de perder o jogo de ida por 1x0, em Ivoti, o Ferroviário venceu o jogo de volta contra o E.C Gaúcho, realizado no Travessão Curuzu, no dia 13 de fevereiro, por 2x0 e conquistou o 5º título do certame. Com as conquistas de 2012, 2013, 2014, 2015 e 2020 o clube tornou-se o maior vencedor da competição. Em seu discurso, o presidente Darci Lusa fez um resumo das dez participações do Ferroviário na maior competição do futebol amador do Estado. “Foram cinco títulos, três vice-campeonatos, um 3º lugar e numa delas fomos eliminados ainda na primeira fase. Foram 99 jogos com 62 vitórias, 18 empates e 19 derrotas, ou seja, um aproveitamento de quase 70%”, destacou Lusa. 
Nas dez participações, a equipe marcou 223 gols, uma média de 2,25 gols por partida e sofreu apenas 91. Em sete campeonatos, o representante de Nova Pádua teve o goleador da competição e, por seis anos, o goleiro menos vazado, além dos seis troféus de equipe mais disciplinada da competição. “Sempre tentamos colocar na cabeça dos atletas a importância da humildade e da resiliência. Precisamos ter essa capacidade para superar os momentos mais difíceis. Buscamos melhorar a cada resultado, com a parcela de ajuda de cada integrante que compõe essa diretoria”, enfatiza Darci. 
Ainda de acordo com Lusa, embora seja no futebol amador, as pessoas que integram o Ferroviário sempre atuaram com muito profissionalismo. “Futebol é muito difícil de fazer e, por via de regra, mais se perde do que se ganha. Sempre fizemos com muita dedicação, bravura e seriedade. Essa é a nossa fórmula de sucesso. Procuramos trabalhar sempre em silêncio e os resultados estão aparecendo”, frisou o presidente.
Darci destaca a união entre direção, comissão técnica, atletas, torcida e comunidade. “Conseguimos ter no grupo pessoas comprometidas e com espírito vencedor. Esse sempre foi o nosso foco. Conseguimos manter um time coeso e disposto a melhorar a cada resultado, seja na derrota ou vitória. Nunca nos conformamos com os títulos, porque sempre é possível melhorar, mesmo quando se ganha”, afirma o mandatário.    
A competição abrange cerca de 15 municípios dos Campos de Cima da Serra. Juntos, esses municípios somam quase 1 milhão de habitantes. Isso prova a visibilidade desta competição e a divulgação que Nova Pádua recebe com a participação do Ferroviário na Copa Libertadores do Nordeste Gaúcho. “Procuramos levar o nome do município para todas as regiões onde atuamos”, finaliza.

Por

Compartilhe esta notícia:
Direção do clube recebeu Moção de Congratulações da Câmara de Vereadores paduense.  - Divulgação

Outras Notícias:

Nenhum Comentário

Deixe o Seu Comentário

Copyrights © 2021 Todos os direitos reservados por Jornal O Florense.