Esporte

10/06/2021 - 17:00

Espante o frio e mantenha a prática de atividades físicas

O frio não impede a aposentada Leonilde Zen de manter a sua saúde em dia.

A prática de exercícios no inverno é um ótimo aliado para o aumento da temperatura corporal

Quando as temperaturas começam a cair, vem aquela vontade instantânea de se encolher de baixo do edredom, assistir a um filme e comer delícias como chocolates, fondues, sopas, entre outras preferências da época. Por outro lado, sair de casa para praticar atividades físicas tem sido um desafio.
Para a profissional de Educação Física e instrutora de musculação, Janete Francisconi, 50 anos, a paixão pela área da graduação vem desde o Ensino Médio. “A vida é um constante movimento e as pessoas sedentárias enferrujam e adoecem”, ressalta. Quando optou pelo curso de Educação Física, em 1993, surgiu a oportunidade de fazer o estágio em uma academia na cidade de Caxias do Sul. “Senti na minha alma que era isso que queria para a minha vida. Em 1998, antes de me formar, já comecei a trabalhar na área. Com a ajuda de uma sócia, realizei o sonho de ter a minha própria Academia em Flores da Cunha".
De acordo com Janete, por vivemos numa região onde o clima é invariável, o conforto e o calor do lar faz com que as pessoas sintam aquela preguiça de sair de casa para cuidar da saúde. “Os benefícios da atividade física durante o inverno não são diferentes dos benefícios da prática durante as demais estações do ano. O que ocorre é que, com o aumento da ingestão calórica durante a estação mais fria do ano, as pessoas tendem a engordar. Assim, ao deixar de praticar a atividade física, o aumento de peso tende a ser ainda maior”, explica ela.
“Os primeiros frios são mais sentidos pelas pessoas. Após alguns dias, a consciência dos alunos começa a pesar e eles repensam a decisão. Os mais disciplinados acabam retomando os exercícios na academia”, informa. Embora a Academia Personal Fitness ofereça aulas remotas para os idosos fazerem suas atividades físicas em casa, as pessoas deste grupo mantêm a regularidade, ao contrário dos mais jovens, afirma a empresária. 
De acordo com a instrutora, no inverno, os alunos devem ter alguns cuidados específicos antes de iniciar as atividades físicas. Os mesmos evitam o risco de contraturas e distensões musculares, estiramentos, entre outros, seja para quem se exercita em academias, parques ou em casa. “É preciso que o período de aquecimento seja de 20 minutos, em média, além dos alongamentos. O uso de roupas leves, mas que aquecem o corpo, também merece atenção. Mesmo com temperaturas mais baixas, é importante manter a hidratação do corpo, fundamental em qualquer época do ano”, frisa.
Para a florense, é importante que as pessoas mantenham os exercícios em qualquer estação do ano, mas de modo especial no inverno, onde a circulação sofre uma interferência climática. “É exatamente neste período do ano que as pessoas sofrem mais com dores nas articulações e constata-se o aumento no número de mortes de pessoas idosas, vítimas de enfarto. A chave de tudo é o equilíbrio para uma boa qualidade de vida. Já diz o ditado popular, que água corrente não cria limo”, salienta Janete.
A prática de atividades físicas aumenta a disposição para as tarefas cotidianas. Outros benefícios que os exercícios físicos praticados no inverno é a manutenção da temperatura corporal e do preparo físico, aumento da capacidade cardiorrespiratória, manutenção da força muscular, fortalecimento do sistema imunológico, diminuição do risco de doenças comuns nesse período, entre outros.
A aposentada Leonilde Zen, 62 anos, frequentou academia por 10 anos. Depois parou por conta de uma cirurgia de reparo do manguito rotador do ombro. Leonilde voltou para a academia, mas teve que paralisar as atividades no início de 2020 por conta da pandemia do coronavírus. Em novembro do ano passado, ela voltou. Por ser mais perto de casa começou a fazer seus exercícios duas vezes por semana, na Academia Personal Fitness. 
Para Leonilde o frio deve ser encarado como um desafio. “Eu acordo cedo, coloco uma roupa quentinha, tomo meu café, que também ajuda a esquentar o corpo e depois vou para a academia. Até prefiro fazer meus exercícios de manhã, porque depois já entro no ritmo para encarar o restante do dia”, ela garante.
De acordo com Leonilde, embora muitas pessoas prefiram o verão ao inverno, o calor ou o frio dependem da forma como as pessoas enfrentam o dia a dia. “Eu faço todas as minhas atividades diárias, inclusive meus exercícios na academia, com satisfação. Por isso, o frio não me impede de manter a minha saúde em dia”, conclui Leonilde Zen.

Por

Compartilhe esta notícia:
O frio não impede a aposentada Leonilde Zen de manter a sua saúde em dia. - Academia Personal Fitness/ Divulgação

Outras Notícias:

Nenhum Comentário

Deixe o Seu Comentário

Copyrights © 2021 Todos os direitos reservados por Jornal O Florense.