Economia

10/10/2021 - 14:30

Feirão Limpa Nome CDL Caxias quer recuperar R$ 1,2 milhão em dívidas

Pelo quarto ano consecutivo, campanha busca intermediar, até janeiro, 10 mil acordos entre empresas e consumidores

Com 142 mil consumidores cadastrados como inadimplentes na base do SPC Brasil em Caxias do Sul, representando mais de 30% da população economicamente ativa da cidade, a CDL do município quer estimular a renegociação de débitos. Pelo quarto ano consecutivo, a entidade promove o Feirão Limpa Nome CDL Caxias, que busca incentivar o pagamento de pendências e a regularização de crédito dos consumidores através de descontos, abatimento de juros e isenções de multas com as 969 empresas participantes da ação. Neste ano, a expectativa é que sejam realizados 10 mil acordos e recuperados R$ 1,2 milhão por meio da iniciativa, repetindo o desempenho da edição anterior.           

O período da campanha, que iniciou nesta semana e segue até 3 de janeiro de 2022, é um estímulo para que a população utilize o 13º salário e Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para quitar as dívidas. Além do abatimento de juros e isenção de multa, dependendo do tempo da dívida, o consumidor consegue renegociar os passivos com descontos que variam de 10% a 50%. Neste ano, de forma inédita, algumas lojas associadas também estão revertendo 50% do valor da dívida em mercadorias no próprio estabelecimento.  

A coordenadora de SPC e Cobrança da CDL Caxias, Rita Pereira, explica que só participam do Feirão Limpa Nome as empresas integrantes à entidade que tem os seus devedores cadastrados no sistema do SPC. O benefício é dado de forma gratuita aos associados. Nesta edição, estão cadastrados 35,9 mil consumidores para desconto, que somam R$ 32,6 milhões em dívidas, nos quase mil estabelecimentos participantes.          

Além do contato da equipe de cobrança da CDL Caxias do Sul, o consumidor que deseja quitar seu débito poderá ir diretamente no balcão de atendimento do SPC, junto à entidade (Rua Sinimbu, 1415, esquina com Alfredo Chaves), das 8h às 18h, sem fechar ao meio-dia. Para as pessoas interessadas em verificar se o seu nome está negativado, também é possível fazer uma consulta gratuita através do aplicativo “SPC Consumidor”, inserindo o CPF.         

O perfil dos inadimplentes em Caxias        

De acordo com o SPC Brasil, dos 418 mil habitantes de Caxias do Sul estimados pelo IBGE como população economicamente ativa (a partir dos 15 anos), 33,93% tem o nome negativado na base de dados. Em agosto deste ano, dos 142 mil inadimplentes ativos, 54,39% eram homens e 45,61% mulheres. Os bancos concentram 50,32% das dívidas, seguido do comércio (18,05%) e dos serviços de comunicação (13,82%).  

De janeiro a agosto de 2021, o valor médio por dívida teve uma redução de 5,51% frente ao mesmo período de 2019, quando não havia a pandemia, passando de R$ 3.819,11 para R$ 3.608,70. Nos primeiros oito meses de 2020, a média também era levemente mais alta que 2021, de R$ 3.661,10. Quando segmentado por sexo, o público masculino tem o valor de dívida 12,70% mais alto que a média da população, com R$ 4.067,13, enquanto as mulheres têm o passivo menor, R$ 3.341,67 (-7,40%).

Por

Compartilhe esta notícia:
 - Mirela Barbosa/Divulgação

Outras Notícias:

Nenhum Comentário

Deixe o Seu Comentário

Copyrights © 2021 Todos os direitos reservados por Jornal O Florense.