Maurício Pauletti

Maurício Pauletti

é Tão Fácil Ser Feliz

Formado em Direito pela Universidade de Caxias do Sul, Maurício Pauletti é industrial gráfico do município de Flores da Cunha há 32 anos. No universo das comunicações, Maurício contribuiu como diretor-presidente do jornal O Vindimeiro. Já apresentou o programa Parlavêneto na rádio Vêneto durante 7 anos na década de 90.

Pauletti já presidiu a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) e é membro-fundador do Rotary Club florense. Ele também marca presença na comunidade religiosa, ministrando cursos para noivos, sendo ministro extraordinário da Eucaristia e atual ministro extraordinário da Palavra. Hoje, Pauletti faz parte do Movimento do Cursilho.

Maurício Pauletti já integrou o Conselho Deliberativo da Sociedade Recretiva Aquarius, presidente da Associação Rio-grandense de Bocha Pontobol e presidente da liga Florense de Bocha Pontobol. Politicamente, Pauletti já integrou a câmara de vereadores de Flores da Cunha pela antiga Arena e hoje é membro do diretório municipal do Partido Progressista (PP).

Contatos

Uma porta à sua frente

Se você encontrar uma porta à sua frente, poderá abri-la ou não

Se você encontrar uma porta à sua frente, poderá abri-la ou não. 
Se você abrir a porta encontrará diversas oportunidades de crescer.
Poderá ou não entrar em uma nova sala. Para entrar, você vai ter que vencer a dúvida, o medo. 
Se você venceu, você deu um grande passo: nesta sala vive-se. 
Mas também tem um preço: são inúmeras as outras portas que você descobre. 
O grande segredo é saber quando e qual porta dever ser aberta. 
A vida não é rigorosa: ela propicia erros e acertos. 
Os erros podem ser transformados em acertos, quando, com eles, se aprende. 
Não existe a segurança do acerto eterno. 
A vida é generosa: a cada sala em que se vive, descobrem-se outras tantas portas. 
A vida enriquece a quem se arrisca a abrir novas portas. 
Ela privilegia quem descobre seus segredos e generosamente oferece oportunas portas. 
Mas a vida pode também ser dura e severa: se você não ultrapassar a primeira porta, terá sempre essa mesma porta pela frente. 
Para a vida, as portas não são obstáculos, mas diferentes passagens... Diversas oportunidades de crescimento.