Márcio de Oliveira

Márcio de Oliveira

Curiosidades Em Série

Especialista em Comunicação Digital na Duo Studio Interativo, ator no grupo Fulanos de Tal e Youtuber no canal Curiosidades em Série.

Sempre atento a tudo o que acontece na internet, sabe dizer a origem dos memes e viciado em séries.

Contatos

Dicas de séries para quem quer ver mais diversidade

O mês do orgulho recém acabou, mas isso não significa que não precisamos exaltar grandes e divertidas produções que reforçam esse lado da diversidade.

O mês do orgulho recém acabou, mas isso não significa que não precisamos exaltar grandes e divertidas produções que reforçam esse lado da diversidade. Em especial, nesta coluna, trago séries com temática LGBTQIA+ para você assistir na Netflix. Confira: 

Heartstopper
A comédia romântica é inspirada numa grapic novel e a trama conta a história de Charlie, um garoto tímido e gay, que se apaixona por Nick, o astro de rúgbi do colégio, e ao ser correspondido precisa lidar com as felicidades e dificuldades dessa relação.

Feel Good
A série britânica criada e estrelada pela comediante canadense Mae Martin conta a história de uma humorista em recuperação do vício em drogas, que vê sua vida mudar ao se entregar a um intenso relacionamento com uma garota.

Special
A produção é escrita e protagonizada por Ryan O’Connell e acompanha um jovem gay que possui paralisia cerebral, mostrando as felicidades e desafios por ele enfrentados. 

Orange is the New Black
Piper Chapman, uma jovem sentenciada à prisão por tráfico de drogas, anos após ter cometido o crime, na cadeia, ela reencontra sua antiga namorada e passa a conhecer os dramas de outras presas. 

Grace and Frankie
A série é uma co-criação de Marta Kauffman (a mesma de Friends). Na trama, duas mulheres de personalidades opostas são surpreendidas com o pedido de separação de seus maridos, que querem se casar um com o outro.  

Crônicas de San Francisco
Após três séries (1993, 1998 e 2001) acompanhando a personagem vivida por Laura Linney, a atual Crônicas de San Francisco, da Netflix, se passa 23 anos após o final da última produção. Sua trama central gira em torno de uma pensão que abriga membros da comunidade queer.

Hollywood
A série se passa nos anos de 1940, após o final da Segunda Guerra Mundial. Nesse cenário, uma turma de aspirantes a astros de cinema agarra com unhas e dentes as chances de entrar e permanecer no show business.