Polícia Civil de Flores da Cunha adere à greve estadual

Por Antonio Coloda – Coloda@jornaloflorense.com.br | 10 de Outubro de 2017 às 09:51

Paralisação será encerrada quando o governo do Estado finalizar o pagamento dos salários

Desde ontem, dia 9 de outubro, agentes da Delegacia de Polícia de Flores da Cunha estão em operação padrão, com atendimento dos serviços reduzidos devido à greve geral dos servidores da Polícia Civil no Rio Grande do Sul. A paralisação atinge 70% da categoria e só se encerra quando for integralizado o pagamento dos salários pelo governo, conforme decisão da assembleia-geral de quinta-feira passada, dia 5. Em princípio, pelas informações extraoficiais do governo, a quitação dos 100% da folha dos funcionários públicos se encerra dia 17. Até a data prevista a greve deverá ser mantida, exceto se houver o pagamento dos salários antes do prazo especulado.

Durante a paralisação serão atendidas ocorrências policiais de urgência e emergência relativas a flagrantes, e as com envolvimento de crianças e idosos, além do trabalho de recolhimento de vítimas de crimes violentos. Não haverá circulação de viaturas nem cumprimento de mandados de busca e apreensão, segundo o Sindicato dos Escrivães, Inspetores e investigadores de Polícia do RS.
 

Tweetar

Imagens:

0 comentários



Ainda não há comentários. Seja o primeiro!

Deixe seu comentário