Homem é executado com mais de 10 tiros na capela São Valentin

Por Antonio Coloda – Coloda@jornaloflorense.com.br | 04 de Dezembro de 2017 às 09:59

Segundo homicídio em menos de duas semanas foi registrado no interior de Flores da Cunha. Vítima foi identificada como Claudionor dos Santos Jacinto, 46 anos

Sem ter concluído o inquérito que apura o assassinato da operadora de injetora Salete Witoslowski, 36 anos, encontrada morta na manhã do dia 24 de novembro no bairro Villaggio, a Polícia Civil de Flores da Cunha está diante de outro crime violento, este ocorrido no fim de semana no interior do município. Claudionor dos Santos Jacinto, 46 anos, foi executado com mais de 10 disparos de arma de fogo na noite de sábado, dia 2 de dezembro, na capela de São Valentin, também chamada de Parada Cristal, esta em território caxiense. O crime ocorreu por volta das 22h30min no interior de uma moradia localizada na Rua José Firmino Hermes, distante cerca de 1km da capela. De acordo com a Brigada Militar (BM), os disparos atingiram a cabeça, o peito e as costas da vítima. Testemunhas afirmaram à polícia que três criminosos chegaram num Ford Fiesta de cor preta, ordenaram que todas as pessoas que estavam na rua entrassem em suas casas e invadiram a moradia da vítima. Em seguida, foram ouvidos diversos disparos de arma de fogo. Jacinto foi encontrado nu caído no banheiro.

Após a execução, os criminosos fugiram em direção a Caxias do Sul. O veículo utilizado na fuga foi localizado em território caxiense a cerca de 1km do local do crime, numa rua no Travessão Pedro Américo, totalmente queimado. No local do crime os peritos do Instituto-Geral de Perícias (IGP) recolheram diversas cápsulas de armas calibre 380 e .40. As circunstâncias do homicídio, bem como a motivação são investigadas pela Civil. Jacinto tinha diversas passagens pela polícia por homicídios, tráfico de drogas e porte ilegal de arma.

Tweetar

Imagens:

0 comentários



Ainda não há comentários. Seja o primeiro!

Deixe seu comentário