Falso médico tenta extorquir paciente hospitalizado em Flores da Cunha

Por Antonio Coloda – Coloda@jornaloflorense.com.br | 09 de Outubro de 2017 às 10:40

Estelionatário pretendia cobrar R$ 2,5 mil de familiar internado no Hospital Fátima para a realização de falsos exames

Pelo menos um paciente do Hospital Nossa Senhora de Fátima de Flores da Cunha foi vítima de tentativa de estelionato neste fim de semana. O caso ainda inédito em cidades pequenas ocorreu por volta do meio-dia de sábado, dia 7 de outubro. De acordo com a vítima, filha de um agricultor que se encontra hospitalizado há uma semana, o falsário se identificou por telefone como sendo o doutor Bruno, e tentou convencê-la de que o paciente estaria com uma infecção grave e precisava realizar exames com urgência, pois se optasse por fazê-lo pelo plano de saúde demoraria até cinco dias. Conforme a mulher, o suposto médico disse que realizaria os procedimentos no Hospital São Carlos de Porto Alegre e pediu R$ 2,5 mil para as despesas. Ainda segundo a filha do paciente, o falsário disse que passaria mais tarde para buscar o valor, porém, ela percebeu se tratar de golpe e informou a direção do hospital e comunicou o fato à Brigada Militar (BM).

A Polícia Civil e a Brigada alertam às pessoas para que fiquem atentas para casos semelhantes - policiais tentam identificar como os golpistas conseguiram informações sobre o quadro clínico das vítimas e sobre os quartos onde estão internados os pacientes.

Segundo a diretora administrativa do Hospital Fátima, Andréia Francescatto Vignatti, ressalta que o caso em questão ocorreu por meio de um telefonema, ou seja, nenhum intruso acessou as dependências da instituição. Ela frisa que há controle das pessoas que entram no hospital.

Tweetar

Imagens:

0 comentários



Ainda não há comentários. Seja o primeiro!

Deixe seu comentário