Criminoso envolvido em tentativa de assalto em Caxias residia em Flores da Cunha

Por Antonio Coloda – Coloda@jornaloflorense.com.br | 10 de Novembro de 2017 às 10:30

Ferido num confronto com a Guarda Municipal caxiense, Juliano de Oliveira da Costa, 28 anos, morreu na noite de quarta-feira

O criminoso ferido num confronto com a Guarda Municipal de Caxias do Sul na tarde de terça-feira, dia 7, no bairro Desvio Rizzo, era morador de Flores da Cunha. Juliano de Oliveira da Costa, 28 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu na noite de quarta-feira, 8 de novembro, no Hospital Pompéia de Caxias. O comparsa dele, que morreu depois que um guarda frustrou uma tentativa de assalto no bairro caxiense, foi identificado como Vicente Gomes da Silva, 34 anos.

O crime aconteceu por volta das 17h20min, quando os dois bandidos tentaram assaltar a funcionária de uma farmácia que entrava no banco Sicredi, na Avenida Alexandre Rizzo. Ela estava com um malote de dinheiro. Dois guardas municipais que faziam o patrulhamento de moto pela região avistaram o flagrante. Ao perceber a aproximação dos guardas, a dupla teria atirado contra eles, iniciando. No confronto os guardas não ficaram feridos.

De acordo a Polícia Civil florense, Costa residia no bairro Granja União e tinha extensa ficha criminal por roubos, tráfico de drogas, ameaça e tentativa de homicídio, entre outros crimes. No dia 17 de setembro, ele foi detido no bairro onde residia com um veículo com placas clonadas e que havia sido roubado em Novo Hamburgo. Aos policiais que o detiveram o acusado disse que comprou o Chevrolet Meriva cor prata ano 2010 na Região Metropolitana de Porto Alegre por R$ 1 mil. Levado à Delegacia Polícia (DP) onde foi lavrado o flagrante, o suspeito pagou fiança de R$ 6 mil e foi liberado. O corpo de Juliano de Oliveira da Costa está sendo velado na Funerária Santo Cristo e o sepultamento ocorre às 9h desta sexta-feira, dia 10, no Cemitério Público de Flores da Cunha.

 

Tweetar

Imagens:

0 comentários



Ainda não há comentários. Seja o primeiro!

Deixe seu comentário