Escola de Gastronomia da UCS será reformada

Por Camila Baggio – Camila@jornaloflorense.com.br | 06 de Fevereiro de 2018 às 08:59

Reestruturação do espaço é encaminhada por meio de uma parceria entre universidade, prefeitura e empresas de Flores da Cunha

Estão em processo de licitação as obras para reforma do prédio que abriga, desde 2004, a Escola de Gastronomia UCS, junto ao Parque da Vindima Eloy Kunz. O projeto de lei que autoriza a abertura do crédito no valor de R$ 173 mil foi aprovado pela Câmara de Vereadores de Flores da Cunha no dia 15 e será utilizado na reformulação da estrutura física do espaço, com modificações das recepções da escola e do Ristorante Dolce Italia. A Fundação Universidade de Caxias do Sul (Fucs) será parceira com empresas que também investirão no espaço que é referência no país.

O italiano Mauro Cingolani, coordenador da escola e chef do Dolce Italia, salienta que a reforma vai atuar em frentes que qualificarão tanto a escola como o restaurante. “Com as melhorias iremos resolver alguns pontos críticos que a escola tinha desde o projeto inicial. Com a reorganização de espaços, poderemos ampliar o restaurante, que hoje comporta 80 lugares, para atender a até 120 pessoas; além de contar com um bar e café que estará aberto para a comunidade e os próprios alunos. O Parque da Vindima é um dos pontos turísticos mais bonitos da cidade e é preciso ter atrações ao público e mesmo para os alunos em momentos de folga das aulas”, complementa Cingolani.

O acesso ao restaurante, pelos fundos, será reformulado. “A ideia é ter uma entrada apenas, facilitando a logística dos funcionários”, explica o coordenador, acrescentando que o local segue um restaurante-escola. “Abrimos o restaurante diariamente por um pedido da comunidade e a ampliação vai torná-lo mais viável. Ganha um formato comercial separado da filantropia da universidade, mas segue suportando a escola e dando a possibilidade aos alunos de participar ativamente dessa atividade”, complementa Cingolani. A previsão é que as atividades, tanto do restaurante quanto da escola, sigam sem interrupções quando as reformas forem iniciadas.

Parcerias

O investimento da Prefeitura de Flores da Cunha, de R$ 173 mil, será nas modificações das recepções, com a construção de espaço para vinhos e verduras; revestimento de pisos e execução de escada; forro em madeira; instalações elétrica e hidráulica e iluminação; serviços de serralheria; remoção de divisórias e execução de paredes e esquadrias; pintura e melhorias no acesso. A Fucs fará uma contrapartida com todo o mobiliário, equipamentos, iluminação, entre outros pontos, com empresas privadas. De acordo com o prefeito, Lídio Scortegagna, o processo de licitação para as obras foi aberto e, já que o projeto está pronto, terá andamento assim que o trâmite for concluído. “Prefeitura, Fucs e empresas têm o objetivo único de promover e estimular a Escola de Gastronomia, que consequentemente leva nosso produto principal, que é o vinho”, valoriza Scortegagna.

O projeto da Escola de Gastronomia iniciou em 2002 e, em 2004, o espaço foi inaugurado em Flores da Cunha numa união da prefeitura e do Centro Empresarial. Entre as parceiras educacionais está a Federazione Italiana Sommelier Albergatori Ristoratori (Fisar) para os cursos de Sommelier, e a Italian Culinary Institute for Foreigners (Icif) na gastronomia.

Acesso será pavimentado

Outro crédito aprovado pelos vereadores florenses será destinado para a pavimentação do acesso secundário ao Parque da Vindima (que inicia junto à Rua 14 de Julho, onde se localiza o estacionamento, próximo à Escola 1º de Maio) estendendo-se até a Avenida Vindima, no acesso ao parque. O valor investido será de R$ 257,7 mil.

 

Tweetar

Imagens:

0 comentários



Ainda não há comentários. Seja o primeiro!

Deixe seu comentário