Associação dos Professores comemora 30 anos de fundação

Por Danúbia Otobelli – Danubia@jornaloflorense.com.br | 10 de Novembro de 2017 às 09:53

Entidade de Flores da Cunha atua pela integração dos profissionais da educação. Sessão solene foi realizada na Câmara de Vereadores para marcar a data

Uma entidade focada na integração dos professores, na valorização do ensino e na mobilização da classe em favor de melhores condições de trabalho. Dessa forma nasceu a Associação dos Professores de Flores da Cunha, que neste ano comemora 30 anos de atuação no município. A solenidade festiva ocorreu na quarta-feira, dia 8, quando a Câmara de Vereadores realizou uma sessão solene pela passagem da data. Na ocasião foram entregues as premiações do concurso Professor na Minha Vida, homenagem às presidentes das últimas cinco gestões e também posse da nova diretoria, gestão 2018.

Após a solenidade, ocorreu um jantar de confraternização. “Pela segunda vez integrando a diretoria da Associação dos Professores cumpre-me reconhecer que essa é uma entidade primordial para a integração do magistério em nosso município. Quer seja por sua mediação entre os professores, quer seja por suas iniciativas que visam por princípio e por fim promover o conhecimento e o convívio entre os professores. Integrar os professores foi o lema e a meta em cada gestão, por isso esse vínculo mais do que nunca precisa ser constantemente reforçado”, destaca a presidente da entidade, Gissely Lovatto Vailatti, que, junto à equipe diretiva, promoveu as atividades comemorativas e passou o cargo para a próxima presidente Mineia De Déa Scalcon – que assumirá a associação para a gestão 2018.

Durante a sessão solene, a vereadora Claudete Gaio Conte (PDT), que falou em nome dos parlamentares, recordou que a entidade foi um sonho que se tornou realidade e que foi construída com a sinergia de todos os envolvidos. “É uma entidade vibrante, corajosa, honrada e humilde. Juntos idealizaram e acreditaram que seria possível a valorização de uma categoria que todos reconhecem para a importância do futuro. Vida longa a Associação dos Professores”, discursou Claudete. O prefeito, Lídio Scortegagna (PMDB), destacou a importância do setor educacional na vida de todos e lembrou que sempre procurou valorizar aos professores durante sua gestão.

História

Fundada em 8 de novembro de 1987, a Associação dos Professores assumiu nesses 30 anos de história a responsabilidade de integrar, promover atividades sociais e culturais e defender os interesses dos docentes. De acordo com uma pesquisa realizada pelas professoras Gissely Lovatto Vailatti e Teolides Manfron Toscan, as primeiras reuniões foram realizadas ainda em junho de 1987, quando o professor Carlos Raimundo Paviani e outros colegas de profissão realizaram um encontro para organização de uma entidade representativa. A finalidade primordial era a união da classe visando o melhor para a educação. Nesse primeiro encontro foram discutidos os prós e os contras da nova entidade. Com mais pontos favoráveis do que contrários, em novembro estava fundada a entidade. O primeiro presidente foi Paviani, tendo como vice a professora Eroni Mazzocchi Koppe.

Em 1991, a associação lançou um concurso para escolher o logotipo e a bandeira da entidade. O logo composto por três elos demonstra o sentimento de unidade que perpassa pela educação entre alunos, professores, família e comunidade. No ano seguinte, foi lançado o hino ao professor, uma exaltação ao trabalho e dedicação dos mestres. Para este ano, a diretoria projetou uma série de atividades comemorativas, como a organização do acervo histórico da Associação e o levantamento dos 30 anos de atuação. Também promoveu viagem de estudos a Vila Flores e Veranópolis e palestras sobre indisciplina escolar e história da educação no município; disponibilizou certificados válidos para promoção no magistério municipal e confeccionou lápis, lixas e blusas comemorativas ao aniversário.

A Associação mantém 26 convênios com estabelecimentos comerciais e serviços para bonificar os associados com descontos. Neste ano, foi criado um adesivo para os locais com a finalidade de evidenciar as parcerias. A entidade realiza encontros mensais na sala de reuniões da Secretaria de Educação, Cultura e Desporto, no térreo da prefeitura. Atualmente, conta com 228 associados.

 

Nova diretoria*

Presidente: Mineia De Déa Scalcon.

Vice-presidente: Fabiana Bolzan Vieira.

1ª secretária: Silvia Regina Salvador.

2ª secretária: Fátima Caldart Galiotto.

1ª tesoureira: Ivete Cinelli Mascarello.

2ª tesoureira: Vânia Nesello.

* Assumiu a gestão 2018 na quarta-feira, dia 8/11.

 

Concurso ‘Professor na Minha Vida’

Neste ano, a entidade promoveu o concurso Professor na Minha Vida, que envolveu os alunos da educação infantil e ensino fundamental das escolas de Flores da Cunha. A entrega da premiação ocorreu na sessão solene, realizada na quarta-feira, dia 8. Os alunos premiados ganharam troféus de 1º e 2º lugares em cada categoria; também foram presenteados os professores que realizaram o concurso e tiveram estudantes agraciados.

Os vencedores ( confira as imagens de todos os premiados na solenidade no link www.jornaloflorense.com.br/fotos ): Educação Infantil – Desenho: Manuela Molon (1º – Escola Francisco Zilli) e Kerolin Borges (2º – Escola Horácio Borghetti); 1º ano – Desenho: Elias da Silva Maróstica (1º – Escola Rio Branco) e Naiandra Rosa (2º – Escola Tiradentes); 2º ano – Frase: Mariana Gasparetto (1º– Escola Antonio Souza Neto) e Davi Yunges (2º – Escola 1º de Maio); 3º ano – Frase: Emanuelle Basso (1º – Escola Antonio Souza Neto) e Yasmin Klimaszewiski (2º – Escola Francisco Zilli); 4º ano – Verso: Eric Dornelles (1º – Escola Rio Branco) e Giovanna Mazzarotto (2º – Escola Francisco Zilli); 5º e 6º anos – Poesia: Vinícius Floriani (1º – Escola Interativa) e Helen Censi (2º – Escola Antonio de Souza Neto); 7º e 8º anos – Paródia: Anna Julia Ravazio, Cailane Dutra, Isadora Otobelli, Marthyna Fachim e Shanti Amaral (1º – Escola São José) e Fernanda Miranda, Luana Danuzo e Juliana Oliveira (2º – Escola Antonio de Souza Neto); 9º ano – Texto Argumentativo: Gisele Dariva (1º – Escola São Rafael) e Gabriela de Almeida (2º – Escola Francisco Zilli); Apae – Desenho: 1ª Vanize Vizentin e 2ª Daiane Carlesso.

Tweetar

0 comentários



Ainda não há comentários. Seja o primeiro!

Deixe seu comentário