Municipal de Campo de Nova Pádua corre o risco de não ser disputado em 2017

Por Antonio Coloda – coloda@jornaloflorense.com.br | 07 de Outubro de 2017 às 19:28

Não há entendimento entre os organizadores e representantes das quatro equipes interessadas

Depois da final de 2016 que teve apenas 45 minutos de jogo e o campeão foi definido pelo jurídico da Prefeitura de Nova Pádua, a bola pode não aparecer nos campos do Pequeno Paraíso Italiano em 2017. Pelo menos os primeiros movimentos em prol da realização da 25ª edição do torneio indicam isso. Em reunião realizada na noite de terça-feira, 3 de outubro, pelo Departamento de Esportes e Lazer, não houve entendimento entre dirigentes de quatro equipes e organizadores.

De acordo com o diretor de Esportes, Marcos Menegat, cada participante quer um modelo de regulamento e fica difícil de atender os interesses. Segundo Menegat, uma definição deve ocorrer nos próximos dias, mas é bem provável que a competição principal de campo não seja disputada em 2017.

Em 2016, Paduense e Loteamento Baggio decidiram o título numa partida que teve apenas os 45 minutos iniciais. A decisão realizada dia 19 de novembro foi interrompida no final do primeiro tempo por falta de segurança ao trio de arbitragem. No momento da paralisação o placar estava empatado sem gols. Quase um mês após a final inacabada, o Departamento Jurídico da prefeitura decidiu pela eliminação da equipe do Loteamento Baggio por ter dado causa à paralisação do jogo, decretando o time da sede campeão da Taça Egídio Alessi.

Tweetar

Imagens:

0 comentários



Ainda não há comentários. Seja o primeiro!

Deixe seu comentário