Jovem realiza sonho e lança livro

Por Larissa Verdi – larissa@jornaloflorense.com.br | 24 de Dezembro de 2017 às 12:00

Projeto do Rotaract ‘15 anos, 15 sonhos’ atendeu ao pedido da florense Micheli Malacarne, de publicar uma obra inédita

“É diferente sonhar e ver o sonho se tornar realidade.” A frase da emocionadíssima Micheli Malacarne, 18 anos, foi dita na noite de lançamento do seu primeiro livro, Um raio de Esperança. O evento ocorreu no Instituto Flávio Luis Ferrarini em 18 de dezembro. A ação é resultado do projeto 15 anos, 15 sonhos do Rotaract de Flores da Cunha.

Micheli descobriu aos 16 anos que tinha câncer na quinta vértebra do pescoço. A família, que sempre foi bastante unida, juntou forças para superar o desafio que tanto mudaria as suas vidas. Dois anos após o diagnóstico, Micheli passou por todo o tratamento com muita coragem sem nunca perder a esperança e agora se encaminha para a fase de alta.

A menina estudiosa que sempre gostou de Português e História e tem facilidade com as palavras, já rascunhava algumas histórias para um dia, quem sabe, publicá-las. “Foi aí que o pessoal do Rotaract me convidou para participar desse projeto onde eles realizam sonhos, e o meu sempre foi publicar um livro”, destaca. Ela então resolveu escrever a própria trajetória e como a doença transformou o seu modo de viver. A obra Um raio de Esperança foi publicada com a indicação da Liga Feminina de Combate ao Câncer, que acompanha Micheli desde o princípio do tratamento.

O cabelo crescendo já faz parte da melhora visível e faz Micheli projetar novos sonhos a partir de agora. “Quero fazer faculdade de Letras, viajar, voar de asa delta e mergulhar”, planeja.

O projeto

O Rotaract é o clube jovem do Rotary Club, e em Flores da Cunha completou 15 anos em março de 2017. A ação para comemorar a data é a realização do projeto 15 anos, 15 sonhos, que segue até março de 2018. Até agora, alguns sonhos já foram realizados, como fazer aulas de balé, ser modelo, conhecer uma praia, conhecer o castelo da família Castellan, ser chef de cozinha por um dia, aprender a tocar um instrumento musical, entre outros. “É gratificante poder intermediar a realização desses sonhos que são simples e ao mesmo tempo tão importantes para quem quer realiza-los”, destaca a presidente do Rotaract, Fernanda Bebber Scopel.

A entidade objetiva exercer a liderança por meio do servir, e o grupo acredita alcançar a prática com ações como essas. “É o tipo de projeto que resume muito do que fazemos, ajudando aos outros com a colaboração do grupo todo”, frisa Alissa Polo Triaca, integrante do Rotaract. O sonho de Micheli foi realizado com a publicação de 400 exemplares do livro. A obra pode ser adquirida na Almanaque Cultural por R$ 10. O Rotaract está sempre aberto a novos sócios. As reuniões são quinzenais, aos sábados à tarde. Acompanhe o trabalho do Rotaract Flores da Cunha na fanpage facebook.com/RotaractClubFloresDaCunha.

Tweetar

0 comentários



Ainda não há comentários. Seja o primeiro!

Deixe seu comentário