Vacinação contra a febre aftosa deve ser feita até 30 de novembro

Por Camila Baggio – Camila@jornaloflorense.com.br | 16 de Novembro de 2017 às 08:08

As doses devem ser adquiridas em locais credenciados – em Flores da Cunha está habilitada a Agrobichos

Os criadores de bovinos e bubalinos com até dois anos de idade devem adquirir até o dia 30 de novembro a vacina contra a febre aftosa atendendo ao Programa de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa do Governo do Estado. As doses devem ser adquiridas em casas agrícolas credenciadas – em Flores está habilitada a Agrobichos (Rua Júlio de Castilhos, 2.130, no Centro – (54) 3032.1525; 9.9200.0412 ou 3292.4441). Os produtores têm até cinco dias úteis após o término da etapa – dia 7 de dezembro – para comprovar a vacinação por meio da apresentação da nota fiscal de compra e declaração da quantidade de animais vacinados, por categoria, junto à Inspetoria de Defesa Agropecuária de Flores da Cunha (Rua Dr. Montaury, no Centro, ao lado do Banco do Brasil – 3292.1472). De acordo com o médico veterinário Vinícius da Rosa Fanfa, um cronograma já está em andamento na Inspetoria com o objetivo de facilitar o processo e auxiliar os produtores.

A conservação das doses é fundamental para a garantia da eficiência da vacina. O produto deve permanecer, desde a compra até o uso, na geladeira e deve ser aplicado em até cinco dias corridos, após a aquisição. Desde o ano passado a Secretaria da Agricultura, Pecuária e Irrigação (Seapi-RS) não realiza a distribuição gratuita das doses, por isso os produtores devem adquiri-las em agropecuárias credenciadas. A vacinação protege os animais contra a doença e garante que o Estado permaneça como área livre para febre aftosa. O último caso registrado no Rio Grande do Sul foi em 2001.

Tweetar

Imagens:

0 comentários



Ainda não há comentários. Seja o primeiro!

Deixe seu comentário