Blog - Direto da redação

O blog trata de temas políticos e econômicos e de fatos cotidianos.
Sobre o autor: Fabiano Provin, jornalista e sommelier, editor do Jornal O Florense.

Todos os comentários feitos nos blogs passam por moderação. Ou seja, os mesmos são avaliados antes de serem ou não liberados nas postagens.

Flores da Cunha Adere Ao Sim-rs

16 de Janeiro de 2018 às 10:01 0 Comentários

A Prefeitura de Flores da Cunha aderiu ao Sistema de Segurança Integrada com Municípios (Sim-RS), que envolve 150 prefeituras. Os termos foram assinados pelo prefeito, Lídio Scortegagna, acompanhado do governador, José Ivo Sartori, e do secretário da Segurança Pública, Cezar Schirmer. O Sim-RS visa o planejamento, entre Estado e municípios, de ações estratégicas de segurança no interior. A adesão é feita de acordo com a estrutura disponível, sem necessidade de criar órgãos que onerem os cofres públicos. Na Serra os municípios estão trabalhando estruturar o programa coletivo, inclusive com o projeto de cercamento eletrônico. Entre as metas estão a integração de sistemas (as novas lombadas serão interligadas), a troca de informações para o combate ao crime e a qualificação dos agentes de segurança.

 

Foto: Luiz Chaves/Palácio Piratini/Divulgação Legenda: Prefeito Lídio (E) com o governador Sartori e o secretário Schirmer (D).
Tweetar Comentar

R$ 2,1 Trilhões

16 de Janeiro de 2018 às 10:01 0 Comentários

O Impostômetro da Associação Comercial de São Paulo, que soma todos os impostos, taxas e contribuições pagos pelos brasileiros no período de um ano (impostometro.com.br), atingiu ontem, dia 21, R$ 2,1 trilhões. Até o último dia do ano, o placar deve chegar a R$ 2,17 trilhões, crescimento de 8,4% em relação ao ano passado, sem considerar a inflação. Em São Paulo, segundo o Impostômetro, os tributos somam R$ 775,1 bilhões desde o início do ano, o correspondente a 37,9% da arrecadação total do Brasil. No Rio Grande do Sul, são R$ 119,6 bilhões, ou 5,7% do país. Em Flores da Cunha, o sistema registrava na quinta-feira pouco mais de R$ 17,1 milhões arrecadados e, em Nova Pádua, R$ 946 mil.

O Impostômetro é uma projeção criada há sete anos com o objetivo de conscientizar o cidadão sobre a alta carga tributária do país e incentivar a cobrança para que os governos ofereçam serviços públicos de qualidade. O painel do Impostômetro fica na Rua Boa Vista, no Centro da capital paulista. Segundo avaliação da Federação das Indústrias de SP (Fiesp), a retomada parcial da atividade econômica, principalmente do setor industrial, foi uma das razões para o aumento dos valores.

Tweetar Comentar

3º Pedido de Impeachment

16 de Janeiro de 2018 às 10:01 0 Comentários

A Câmara de Vereadores de Caxias do Sul elegeu no dia 12 a comissão processante que analisa o 3º pedido de impeachment contra o prefeito Daniel Guerra (PRB). A escolha ocorreu por meio de sorteio: o grupo é presidido por Edson Rosa (PMDB) e composto por Elói Frizzo (PSB) e Velocino Uez (PDT). Antes disso, com 18 votos a favor e quatro contrários, o plenário aprovou a abertura de um processo de cassação do mandato de Guerra. A comissão analisaria o caso por três meses e caso conclua que foram cometidos crimes de responsabilidade nas questões apontadas, ele pode ter o mandato cassado pela Câmara. Contudo, nesta semana a comissão processante foi notificada pela Justiça, que concedeu liminar suspendendo o processo e solicita a apresentação de ata completa da sessão ordinária em que foi votada a admissibilidade da denúncia que solicita o impeachment. A defesa de Guerra argumenta que ocorreram inconformidades legais. E se Guerra for cassado e o vice Ricardo Fabris assumir, será que ele vai renunciar, desrenunciar, trocar de partido ou governar a cidade?

Tweetar Comentar

Mirando O Piratini, Psdb Desembarca do Governo

16 de Janeiro de 2018 às 10:00 0 Comentários

O PSDB gaúcho deve deixar os cargos ocupados no governo de José Ivo Sartori (PMDB) em até 30 dias, a maioria deles na Secretaria de Minas e Energia. A decisão foi tomada em reunião da Executiva estadual na manhã do dia 20, em Porto Alegre – 80% dos diretórios municipais opinaram pela saída. A data limite para que os tucanos deixem os cargos foi fixada em 20 de janeiro. De acordo com o presidente do PSDB gaúcho e pré-candidato ao Palácio Piratini, Eduardo Leite, a decisão pela saída é também em respeito ao governo. “No momento em que estamos construindo um projeto alternativo para o Rio Grande do Sul, entendemos que se encerra a possibilidade de participação com cargos no governo. Essa é a hora de dar espaço ao próprio governo”, afirma. Leite ainda diz que a saída, entretanto, não significa uma ruptura na base de apoio. “Continuaremos apoiando na Assembleia Legislativa os projetos que são de interesse da sociedade”, emendou. O chefe da Casa Civil, Fábio Branco; e o secretário de Planejamento, Governança e Gestão, Carlos Búrigo, já foram comunicados oficialmente sobre a decisão.

Tweetar Comentar

Uma Promessa de Muitas Promessas

16 de Janeiro de 2018 às 09:59 0 Comentários

É notória a preocupação dos representantes do poder público e de entidades de Flores da Cunha e Nova Pádua sobre as condições da VRS-814, estrada que liga os municípios. As idas a Porto Alegre em busca de informações concretas têm se repetido desde o ano passado, quando o governo do Estado anunciou que a vicinal seria recapeada, sinalizada e repassada às prefeituras que, por sua vez, assumiriam a manutenção.

A nova promessa da promessa foi dada na Capital na última terça-feira, dia 19, quando vereadores do PMDB de Flores e Nova Pádua reuniram-se com o secretário de Planejamento, Governança e Gestão, Carlos Búrigo; e com o presidente do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer-RS), Rogério Uberti. O motivo: do encontro: cobrar o início das obras de recuperação da VRS-814. Segundo os representantes do Palácio Piratini, a obra custará R$ 1,6 milhão e está incluída no orçamento de 2018. Se a ação está no orçamento de 2018, porque o mesmo senhor Uberti, quando aqui esteve há um ano e quatro meses, disse ao lado do secretário estadual de Transportes, Pedro Westphalen, que a obra sairia em 2017?

O contrato para a recuperação da estrada com 12km de extensão foi assinado no início de março deste ano, porém, no lugar de máquinas, somente buracos são vistos ao longo da via. Em novembro, contatada pelo Jornal O Florense, as assessorias da Secretaria Estadual de Transportes e do Daer-RS não encaminharam respostas aos questionamentos. Segundo a nova versão de Búrigo, as obras devem iniciar em março, após o término da safra da uva, e ficarão prontas em dois meses.

***

Em tempo: vale lembrar que as duas cidades em que o governador José Ivo Sartori (PMDB) teve o maior percentual de votos válidos na eleição de 2014 foram Nova Pádua (91,5%) e Flores da Cunha (89,4%). Desde então, nada foi feito. A não ser as famosas operações tapa-buraco, quando as prefeituras ainda tinham que colocar o asfalto porque o Daer-RS não tem funcionários para isso. Francamente.

Além da VRS-814, a VRS-331 (Caxias-Flores via Linha 30/Santa Justina-Otávio Rocha) também está abandonada, esburacada e sem sinalização. Outra vicinal sem sinalização é a VRS-864, que liga Caxias (Forqueta) a Flores (Mato Perso) e passa por Farroupilha (Monte Bérico). A comunidade florense do 4º distrito também aguarda por melhorias naquela estrada.

Na foto, da esquerda para a direita, Léo Sonda (presidente da Câmada paduense), Rogério Uberti (presidente do Daer-RS), Moacir Ascari (presidente da Câmara florense), Carlos Búrigo (secretário de Planejamento, Governança e Gestão) e os vereadores florenses Éverton Scarmin, João Paulo Carpeggiani e Ademir Barp.

Foto: Divulgação
Tweetar Comentar